Ciferal Comércio e Indústria S.A.

Ciferal


Índice da Página

1 – Histórico
2 – Dados da empresa
3 – Lista de carrocerias
  3.1 – Micros e mini ônibus
3.1.1 – Ágilis
3.1.2 – Micron
3.1.3 – MiniMax
  3.2 – Ônibus urbanos
3.2.1 – Citmax
3.2.2 – Fênix
3.2.3 – GLS Bus
3.2.4 – Intermunicipal
3.2.5 – Jardineira
3.2.6 – MegaBus
3.2.7 – Padron Alvorada
3.2.8 – Padron Amazonas
3.2.9 – Padron Briza
3.2.10 – Padron Cidade
3.2.11 – Padron Rio
3.2.12 – Paulista Urbano
3.2.13 – Tocantins
3.2.14 – Turquesa
3.2.15 – Urbano
  3.3 – Ônibus intermunicipais
3.3.1 – GLS Bus Intermunicipal
3.3.2 – Iguaçu
3.3.3 – Solimões
  3.4 – Ônibus rodoviários
3.4.1 – Araguaia
3.4.2 – Cisne
3.4.3 – Cursor
3.4.4 – Dinossauro
3.4.5 – Flecha de Prata
3.4.6 – Líder
3.4.7 – Papo Amarelo
3.4.8 – Podium
3.4.9 – Tapajós
  3.5 – Projetos especiais
3.5.1 – Integral (Projeto Padron)

Histórico

A Ciferal foi fundada em 11 de outubro de 1955, na R. Pastor Manoel Avelino de Souza, 2.064, Xerém, Duque de Caxias, tendo como diretor Fritz Weissman.

Foi pioneira no projeto e desenvolvimento dos trólebus da nova geração para São Paulo, com desenho inovador tipo Padron. Nessa cidade instalou a Ciferal Paulista, que pouco depois foi transformada em Condor, com produção de carroceria para ônibus médio, com grande aceitação.

Em 1979, lança o modelo novo de carroceria em duralumínio chamada Araguaia e, em julho de 1981, o modelo rodoviário de longa distância Tapajós, sobre chassi Volvo B58.

Em 1982, por vários motivos, prevalecendo a interrupção de encomendas de trólebus para São Paulo, a Ciferal vai à falência e o governo do Rio de Janeiro assume o controle da empresa, enquanto a filial paulista era adquirida pela Condor. Pouco depois, a falência foi substituída por concordata e em 1994 foi leiloada, tendo sido arrematada por R$ 18 milhões, pagos aos ex-proprietários, o Banco de Desenvolvimento do Rio de Janeiro e a Justiça fluminense. Mesmo assim, em 1986, após uma ameaça de paralisação devido à concordata, a empresa se recupera e apresenta, em março desse ano, vários modelos novos como: Fênix (urbano e intermunicipal, sobre chassi Mercedes-Benz, Volvo ou Scania); Padron Alvorada (urbano e intermunicipal, com comprimento de 10,70m a 12m, sobre chassi Mercedes-Benz, Volvo ou Scania); Tapajós (rodoviário, com comprimento de 10,55m a 13,20m sobre chassi Mercedes-Benz ou Volvo); Dinossauro (rodoviário, com comprimento de 13,20m, sobre chassi Scania ou Volvo); Jardineira (urbano especial, com comprimento de 10,0m sobre chassi Mercedes-Benz) e Padron Briza (urbano).

Enquanto isso, em São Paulo, a Condor, não conseguindo manter a produção, veio a falir. Em maio de 1985 foi constituída nova firma encarroçadora, a Thamco, que arrendou inicialmente, por seis meses, a massa falida da Carrocerias Condor.

Em 1990, a Ciferal adquire, por US$ 12 milhões, a antiga fábrica de caminhões da Fiat, localizada em Xerém, na subida da Serra de Petrópolis, com 85mil m2 construídos e 285mil m2 de área.

Em 1991, no 7° Salão Nacional dos Transportes (Transpo-91), a Ciferal lança o novo modelo Padron Rio, em substituição ao Padron Alvorada, sobre chassi Volvo, sendo uma empresa do Ceará a primeira a usar esse tipo de veículo. Na cidade do Rio de Janeiro, a primeira empresa foi a Pavunense. A Ciferal apresentou também um novo modelo só para exportação, o Carnaval.

Em 12 de abril de 1994 lança o novo rodoviário chamado Cursor, nas versões 3,60 e 3,40 e em setembro apresenta a carroceria GLS sobre nova plataforma da Mafersa M-290-A (articulado). Finalmente, em 19 de dezembro de 1995, a empresa é privatizada e passa a ser controlada por algumas dezenas de empresários de ônibus. Os compradores criaram uma holding, a R.J. Administrações e Participações, que passaria a deter todos os ativos da Ciferal Comércio e Indústria. O ano de 1996 se inicia, então, com novo logotipo, e é lançada a carroceria GLS BUS (urbana e intermunicipal), com a frente inclinada.

Bibliografia
– Ônibus: uma história do transporte coletivo e do desenvolvimento urbano no Brasil; Autor: Waldemar Corrêa Stiel; São Paulo, Comdesenho Estúdio e Editora, 2001

– Catálogos da Ciferal e Sport Wagon Industrias


Dados da empresa

Nome: Ciferal Indústria de Ônibus LTDA / Ciferal Comércio e Indústria S.A. / Ciferal Comércio, Indústria e Participações LTDA
Fundação: 11 de Outubro de 1955
Endereço da fábrica: Duque de Caxias-RJ
Endereço do escritório: Av. Brasil, 8191 – Rio de Janeiro-RJ
Fone: (21) 270-1022 – Fax: (21) 290-0486
Site: (Empresa adquirida pelo grupo Marcopolo)

 Atenção:  esses dados são as últimas informações obtidas, a empresa está desativada.


Mini e Micros

Ciferal Ágilis
Ciferal Ágilis

Ciferal Ágilis II
Ciferal Mikron
Ciferal Micron
  Ciferal MiniMax
Ciferal MiniMax
 

Urbanos

Ciferal Citmax
Ciferal Citmax
Ciferal Fênix
Ciferal Fênix
Ciferal GLS Bus
Ciferal GLS Bus
Ciferal Intermunicipal
Ciferal Intermunicipal
Ciferal Jardineira
Ciferal Jardineira
Ciferal Megabus
Ciferal MegaBus
Ciferal Padron Alvorada
Ciferal Padron Alvorada
Ciferal Padron Amazonas
Ciferal Padron Amazonas
Ciferal Padron Briza
Ciferal Padron Briza
Ciferal Padron Cidade
Ciferal Padron Cidade
Ciferal Padron Cidade II
Ciferal Padron Cidade II
Ciferal Padron Rio
Ciferal Padron Rio
Ciferal Paulista Urbano
Ciferal Paulista Urbano
Ciferal Tocantins
Ciferal Tocantins
Ciferal Turquesa
Ciferal Turquesa
  Ciferal Urbano
Ciferal Urbano
 

Intermunicipais

Ciferal GLS Bus Intermunicipal
Ciferal GLS Bus Intermunicipal
Ciferal Iguaçu
Ciferal Iguaçu
Ciferal Solimões
Ciferal Solimões

Rodoviários

Ciferal Araguaia
Ciferal Araguaia
Ciferal Cisne
Ciferal Cisne
Ciferal Cursor
Ciferal Cursor
Ciferal Dinossauro
Ciferal Dinossauro
Ciferal Flecha de Prata
Ciferal Flecha de Prata
Ciferal Líder
Ciferal Líder
Ciferal Papo Amarelo
Ciferal Papo Amarelo
Ciferal Podium
Ciferal Podium
Ciferal Tapajós
Ciferal Tapajós

  Ciferal Integral
Ciferal Integral