ViaCircular Transporte Coletivo

 

ATENÇÃO: PÁGINA TEMPORÁRIA
EM PROCESSO DE FORMATAÇÃO

Mercedes-Benz O-364 11R

  • Uso: Ônibus urbano
  • Fabricação: De 1978 até 1986
  • Baumúster: 364111
  • Fonte dos dados: Mercedes-Benz do Brasil (Junho/1984)

O ônibus urbano O-364, que incorpora aprimoramentos decorrentes da já longa experiência da empresa na produção de ônibus integrais e da evolução do setor de transporte coletivo de passageiros, atende às elevadas exigências da prática.
Ele apresenta vantagens essenciais para empresários, motoristas, cobradores e usuários:

  • Duas versões: a 101, com peso bruto de 13200kg, e a 111, com peso bruto de 13500kg
  • Motores OM-352 (130cv) e OM-355/5 (170cv)
  • Excelentes qualidades de marcha, graças ao ótimo desempenho do motor, da transmissão, da direção, dos freios e da suspensão
  • Fácil acesso, para a manutenção, ao motor, às instalações de ar comprimido e elétrica, a tirantes e tubulações
  • Simplificação dos trabalhos de limpeza, graças às superfícies externas e internas lisas, o que facilita o serviço em lavadores automáticos e a aplicação de inscrições
  • Considerável diminuição também dos trabalhos de reparações, graças ao emprego de elementos simples
  • Posto de trabalho moderno e funcional para o motorita e o cobrador
  • Conforto e comodidade para os passageiros

A concepção esmerada do O-364 assegura ao frotista um veículo moderno para muitos anos.

O posto do motorista oferece as condições para um desempenho seguro

Ao estruturar o posto do motorista, pensou-se em todos os pormenores que pudessem tornar agradável dirigir o O-364. Isto porque conduzir um ônibus é um trabalho de elevada responsabilidade. O assento, anatômico e acolchoado, está equipado com suspensão elástica e pode ter amortecimento hidráulico. Ajusta-se na altura, é regulável no sentido longitudinal e na inclinação do encosto. Os interruptores e sinais estão devidamente identificados e distribuídos de forma ordenada no moderno painel. Os pedais de comando, a alavanca de mudança de marchas e da válvula de ar comprimido do freio de estacionamento estão bem ao alcance. As luzes do salão estão embutidas, com o que se evitam reflexos perturbadores sobre os parabrisas. Estes são de vidros de segurança, amplos e rebaixados, o que permite ao motorista uma visibilidade sempre perfeita. Esta visibilidade é mantida, sob intempéries, por dois limpadores com hastes paralelas. E, nas regiões de clima frio, pelo desembaçador regulável em duas posições. Os espelhos retrovisores, amplos, proporcionam uma excelente retrovisão. Equipado funcionalmente, o posto do motorista oferece adicionalmente comodidades como volante de boa empunhadura, pedais adequados, parasol ajustável, porta-documentos. Assim, esse lugar de fundamental importância no veículo como um todo alia conforto e segurança ativa e passiva. Para o bem do próprio motorista, dos passageiros e do veículo.

Mercedes-Benz O-364 11R

O posto do cobrador, um lugar de trabalho confortável e seguro

O cobrador executa, por horas a fio, uma tarefa de grande responsabilidade, cujo desempenho exige que se ofereçam a ele condições adequadas. Por isso, seu posto de trabalho foi desenvolvido dentro dos melhores padrões de conforto e segurança. A poltrona, com assento e encosto anatômicos e apóia-braços acolchoados, pode ser fornecida com amortecedor hidráulico, opcional, para maior comodidade. Ela ocupa apenas uma parte do amplo espaço reservado ao cobrador, que trabalha com grande liberdade de movimentos no seu posto, do qual faz parte também o moderno conjunto de caixa coletora. Como principal instrumento de trabalho, a caixa coletora mereceu cuidados especiais. O desenho é moderno, sem arestas vivas; a cor, agradável; o interior bem dividido, para boa distribuição de notas e moedas. Outro importante fator de comodidade é a altura da caixa, suficientemente baixa para facilitar seu manuseio. Além disso, existem dois apoios para os pés do cobrador: um na própria poltrona e outro sob a caixa coletora. Por tudo isso, o posto do cobrador é realmente um lugar confortável e seguro.

A facilidade de embarque e desembarque proporciona rapidez e segurança

Para um serviço sem contratempos, é necessário, em ônibus urbanos, que o fluxo de entrada e saída seja facilitado. Para tanto, o O-364 tem duas portas de folhas duplas, dobráveis. A abertura e o fechamento das portas se realiza eletropneumaticamente, por meio de tecla localizada no painel. São equipadas também com válvula de acionamento de emergência, para casos de acidentes ou de falhas no sistema. As folhas de ambas as portas tem as mesmas dimensões. Elas são intercambiáveis entre si, o que contribui para racionalizar o estoque de peças do frotista, fator de economia. O mecanismo de acionamento das portas é de fácil acesso para trabalhos de manutenção e regulagem. Os degraus são baixos, de forma que pessoas de qualquer idade possam subir e descer sem maiores esforços e sem perigo. São guarnecidos com pisos antiderrapantes de alumínio de quatro milímetros de espessura, para maior segurança e durabilidade. Além disso, altura, largura e profundidade do piso dos degraus tem dimensões amplas. Funcionais corrimãos acompanham as escadas.

Temperatura interna sempre agradável

Para manter a perfeita ventilação do veículo, existem duas escotilhas no teto, reguláveis em cinco posições de abertura, mais entrada de ar pela frente, forçada, e vários condutos acima do parabrisa, reguláveis por meio de tampas, além da parte superior das janelas, com vidros corrediços. Para as regiões de clima frio, pode-se instalar um aparelho de calefação, que produz um aquecimento ameno e aprazível no interior do veículo. Esse aparelho aquece o posto do motorista e o compartimento dos passageiros, para onde o ar quente é levado por meio de dutos ao longo das laterais, com saídas para os pés. A exaustão é feita por intermédio de aberturas de saídas de ar na traseira e das duas escotilhas com regulagem múltipla situadas no teto do veículo. Assim, qualquer que seja a temperatura externa, o interior do O-364 oferece um ambiente sempre agradável.

Mercedes-Benz O-364 11R

Potência e economia se integram com justeza no motor Mercedes-Benz

A versão 101 do O-364/11R é equipada com motor OM-352, de 130 cv DIN; a versão 111, com motor OM-355/5, de 170 cv DIN. Assim, pode-se ter o veículo adequado a condições operacionais diversas. Os dois motores, com cilindros em linha, trabalham segundo o sistema de injeção direta Mercedes-Benz que assegura um baixo consumo de combustível, fator importante de rentabilidade, alta eficiência térmica e longa vida útil. A curva de desempenho mostra que o momento de força máximo é alcançado com rotações relativamente baixas. Isto significa grande força de tração nas partidas e em subidas. Esses motores são refrigerados por água, que amntém uma temperatura uniforme com o auxílio de um termostato. Tem também, no sistema de lubrificação, um trocador de calor entre o óleo e a água. O motor está na traseira do veículo, completamente isolado do salão de passageiros.

A colocação do motor na traseira propicia conforto e facilita a manutenção

O O-364 apresenta sempre um ambiente interno extremamente silencioso e confortável. Para isso contribui sobremaneira a colocação do motor na traseira, em compartimento termo-acusticamente isolado do salão em que se encontram os passageiros. As vantagens daí decorrentes são, em primeiro lugar, que o calor e os ruídos gerados pelo funcionamento do motor não invadem o interior do veículo. Aliás, o volume de ruídos já é reduzido ao máximo graças ao tipo de suspensão adotado para o motor, que está montado sobre grandes coxins de borracha, e ao fato que, com a colocação deste na gtraseira, se usa um eixo cardã de pequenas dimensões. Com isso também serão menores os desgastes da transmissão e maiores as facilidades para uma eficiente manutenção desta. Adicionalmente, a colocação do motor na traseira facilita o acesso a ele e sua remoção em casos de necessidade. Além disso, o interior conserva-se mais limpo, já que os trabalhos de revisão e manutenção do motor são feitos pelo lado de fora. No mais, a colocação do motor na traseira propicia melhor distribuição de pesos no veículo. A direção permanece sempre macia e o veículo mantém melhor a estabilidade, o que redunda em maior comodidade para o motorista e maior segurança para o veículo e seus ocupantes.

A potência é bem utilizada pela transmissão

Os conjuntos de transmissão de força aproveitam integralmente a potência do motor. A embreagem é de monodisco reco. A caixa de mudanças adapta-se funcionalmente ao regime de rotações dos motores. Ela tem cinco marchas sincronizadas para a frente, perfeitamente escalonadas. Pode-se assim rodar mais seguramente, mais economicamente, mais regularmente. O eixo traseiro, resistente, é dimensionado para transmitir com perfeição o torque do motor às rodas. O sistema de coroa e pinhão hipóides possibilita distribuir melhor os esforços sobre as áreas de contato das engrenagens, resultando disso um acréscimo de durabilidade dos mecanismos e um funcionamento silencioso. A caixa do diferencial e os tubos portantes são rígidos, garantindo que o peso distribuído sobre eles não afete o funcionamento dos mecanismos internos. Tudo isso representa garantia de via útil prolongada e de economia operacional.

A manutenção simples, mais um ponto positivo

A facilidade de manutenção é mais uma vantagem do O-364. Seus elementos mais importantes são acessíveis pelo exterior. Assim, pode-se vistoriar o veículo com rapidez. Para a manutenção mais completa, o motor e a caixa de mudanças são acessíveis também de dentro do veículo por meio de tampas no assoalho. O comando da instalação elétrica está centralizado. O jogo de baterias está montado sobre uma base deslizante, podendo ser facilmente deslocado para revisões periódicas. E graças às superfícies lisas e à vedação completa das aberturas, é fácil fazer no veículo as inscrições necessárias e lavá-lo nas instalações automáticas. Com tudo isto, os trabalhos de manutenção e controle realizam-se com facilidade. São fatores que valorizam consideravelmente o O-364, um ônibus urbano atual.

A segurança está presente em todas as situações

A segurança num veículo depende sobremaneira das características dos freios. Os três sistemas e freios do O-364 garantem elevada segurança. O freio de serviço tem dois circuitos hidráulicos independentes. Se por qualquer motivo ocorrer avaria num deles, o outro continuará funcionando. Além disso, eles são assistidos por duas câmaras de ar comprimido. O ar comprimido aumenta a eficiência do sistema, além de exigir menor esforço do condutor ao acionar o pedal. O freio de estacionamento, com ação nas rodas traseiras, tem câmaras de molas acumuladoras comandadas pneumaticamente. No caso de alguma avaria no circuito de ar, o freio entra em ação automaticamente, desacelerando o veículo progressivamente, enquanto uma luz no painel avisa o motorista. Válvula especial libera o freio de estacionamento para manobras de emergência. O freio-motor, acionado pneumaticamente, além de ser fator de segurança, propicia economia de combustível, lonas de freio e pneumáticos. Os tambores de freios tem 418 mm de diâmetro. A área total de frenagem é de 4504 cm². As guarnições são resistentes e sua longevidade, elevada. Os reservatórios de óleo de freio possuem indicador de nível com luz no painel. Situampse à esquerda do motorista, cobertos por tampa de remoção rápida.

Mercedes-Benz O-364 11R

A suspensão e a direção asseguram estabilidade e conforto

A estabilidade, a segurança, o conforto de marcha do O-364 decorrem em grande parte de seus sistemas de suspensão e direção. Ele está equipado com suspensão de molas helicoidais providas de molas auxiliares e amortecedores telescópicos, no eixo dianteiro; na traseira utilizam-se longos feixes de molas e amortecedores telescópicos, além de barra estabilizadora. As molas absorvem os choques causados pelas irregularidades do solo. Os amortecedores reduzem as oscilações das molas. Os elementos da suspensão, molas e amortecedores, estão colocados próximos ao eixo. A barra estabilizadora compensa as diferenças de flexão na suspensão das rodas, proporciona grande estabilidade nas curvas e diminui a tendência de inclinação da carroçaria. Todos os pontos de união entre o eixo e a carroçaria são feitos por grandes coxins de borracha. A direção do O-364 é hidráulica. Ela transmite todo movimento com precisão e diretamente às rodas dianteira, com reduzido esforço e poucos giros do volante. Uma grande vantagem, pois, para o motorista ao manejar o volante em esquinas e estacionamentos. Graças a isso e ao entrosamento harmonioso dos sistemas de direção e de suspensão, o O-364 é extremamente maneável. Seu círculo de viragem é de apenas 19,5 m. Em decorrência, as propriedades de marcha mantêm-se sempre igualmente boas, independentemente da carga e das condições do terreno.

Uma estrutura sólida autoportante, toda de aço

Uma técnica comprovada e novos resultados de pesquisa estão presentes na estrutura autoportante, toda de aço, do ônibus monobloco O-364. Ela alia uma armação resistente a uma concepção moderna do veículo. A plataforma e a carroçaria são soldadas uma à outra para formar uma unidade autoportante – o monobloco. A estrutura da plataforma se compõe de um quadro treliçado, com longarinas e travessas em tubos retangulares de aço carbono de alta resistência, com reforços, suportes diagonais e chapas de alma zincadas. A estrutura da carroçaria (paredes laterais, frente, traseira e teto), uma armação de perfi retangulares, é revestida com chapas de alta qualidade, zincadas em ambas as faces. Esse sistema de construção do monobloco oferece uma segurança elevada, mesmo quando o conjunto é submetido a fortes solicitações. Todo o piso está protegido, na parte inferior, contra a ação de elementos corrosivos.

Para valorizar ainda mais seu investimento

O investimento feito num ônibus será tanto mais compensador se este possuir longa vida útil. Para isso contribuem as medidas de proteção anticorrosiva aplicadas no O-364, que seguem os últimos padrões de desenvolvimento técnico. Além do tratamento químico básico, as chapas da carroçaria são zincadas nas duas faces. A parte inferior da plataforma recebe uma espessa camada de PVC muito consistente, que a torna altamente resistente a água, pedras soltas e outros agentes externos. As partes mais solicitadas recebem uma aplicação de laca, que as protege contra os atritos. A pintura de acabamento complementa as medidas de proteção, dando ao veículo a garantia de que manterá por longos anos a sua qualidade orginal.

Mercedes-Benz O-364 11R

A peça genuína mantém inalterado o alto padrão de qualidade Mercedes-Benz

O veículo Mercedes-Benz foi feito para trabalhar por longo, longo tempo e trazer retorno compensador ao investimento feito. Por isto a fábrica põe à disposição um setor de treinamento especializado para mecânicos e motoristas. Outro fator de fundamental importância para manter a qualidade dos produtos Mercedes-Benz é a utilização exclusiva de peças genuínas de reposição. A peça genuína Mercedes-Benz, distribuída por intermédio da rede de concessionários, é idêntica àquelas utilizadas na linha de montagem. Cada peça é construída dentro de padrões rigorosos de qualidade. Ao revender ou trocar o veículo é ressalta ainda mais o valor do produto, pois a adoção de peças genuínas, dentro do plano de manutenção estabelecido, garante que ele continuará sendo um Mercedes-Benz autêntico – seguro, econômico e durável, tal como quando deixou a linha de montagem.

  • Motor diesel – tipo (injeção direta MB): Mercedes-Benz OM-355/5
  • Número de cilindros: 5, verticais em linha
  • Diâmetro do cilindro: 128 mm
  • Curso do êmbolo: 150 mm
  • Cilindrada total: 9.650 cm³
  • Razão de compressão: 16:1
  • Potência, DIN: 170 cv / 125 kW / 2200 rpm
  • Potência, SAE: 187 cv / 138 kW / 2200 rpm
  • Torque, DIN: 67 mkgf / 608 mN / 1300 rpm
  • Torque, SAE: 68 mkgf / 667 mN / 1300 rpm
  • Sequência de ignição: 1-2-4-5-3

  • Alternador: 14 V / 55 A
  • Motor de partida: 6 cv / 5 kW / 24 V
  • Bateria: 2 x 135 Ah / 12 V

  • Caixa de mudanças sincronizada: MB G-3/60-5/6,1
  • Redução no eixo traseiro: i=5,714 (40:7)
  • Reduções opcionais: i=4,875 (39:8)

Direção

  • Tipo: hidráulica
  • Modelo: ZF 8063

Rodas e Pneus

  • Aro das rodas: 7.5-20
  • Pneumáticos: 10.00-20 PR 16

Eixos

  • Eixo dianteiro de punhos: VO-3/4,5
  • Eixo traseiro com engrenagens hipóides: HO-4/10

  • Diâmetro dos tambores de freio: 418 mm
  • Área total de frenagem: 4504 cm²

 Peso bruto 

  • Eixo dianteiro: 4600
  • Eixo traseiro: 9200
  • Total: 13500

 Peso bruto com velocidade máxima de 60 km/h 

  • Eixo dianteiro: 5000
  • Eixo traseiro: 10000
  • Total: 14500

 Velocidade máxima, 5ª marcha 

  • 5,714: 73,5 km/h
  • 4,875: 106,3 km/h

 Capacidade de subida – 1ª marcha com 13500kg / 14500kg 

  • 5,714: 27,1 % / 25,4 %
  • 4,875: 23,0 % / 21,3 %

  • Tanque de combustível: 210/300
  • Óleo no cárter, máx./min.: 15/10
  • Água de arrefecimento: 45

  • Distância entre-eixos: 5550
  • Bitola dianteira: 1938
  • Bitola traseira: 1817
  • Comprimento total: 10540
  • Largura: 2500
  • Altura: 2900
  • Vão livre dianteiro: 271
  • Vão livre traseiro: 300
  • Balanço dianteiro: 2040
  • Balanço traseiro: 2950
  • Círculo de viragem do veículo, mØ: 19,5

Função desabilitada

Menu