ViaCircular Transporte Coletivo

 

ATENÇÃO: PÁGINA TEMPORÁRIA
EM PROCESSO DE FORMATAÇÃO

  • Uso: Ônibus intermunicipal e rodoviário
  • Fabricação: A partir de 2012
  • Baumúster: 634011
  • Nível de emissões de gases: Euro 5 / Proconve P-7
  • Fonte dos dados: Mercedes-Benz do Brasil (Março/2016)

O-500RS 1836 4×2

Desenvolvido para aplicação rodoviária de curta, média e longa distância, o chassi O-500 RS 1836 incorpora todas as vantagens da tecnologia Mercedes-Benz.
É um veículo robusto e de alta durabilidade, próprio para as mais severas condições de operação e aplicação. O veículo apresenta alta qualidade e baixo custo operacional, superando as expectativas do frotista mais exigente. O chassi O-500 RS 1836 é dimensionado para suportar 18,5 toneladas e ainda possibilita a alteração no entre-eixo para alongamentos até 13,2 metros de comprimento total. O motor eletrônico OM-457 LA (Proconve P-7) apresenta 354 cv de potência a 1.600 Nm de torque, proporcionando um desempenho superior na aplicação rodoviária, com economia de combustível e rentabilidade.
Definitivamente, este é o veículo ideal quando sua operação requer um chassi de concepção avançada, associado à garantia da marca líder em transporte de passageiros.

 

  • Modelo: MB OM-457 LA (Proconve P-7)
  • Tipo: 6 cilindros verticais em linha, turbocooler
  • Potência máxima, conforme NBR ISO 1585: 260 kW (354cv) a 2000 rpm
  • Torque máximo, conforme NBR ISO 1585: 1600 Nm (163,2 mkgf) a 1100 rpm
  • Cilindrada total: 11.967 cm³
  • Consumo específico: 184 g/kWh a 1170 rpm
  • Filtro de óleo – tipo: filtragem total, com elemento de papel
  • Filtro de ar – tipo: seco, com elemento de papel
  • Sistema de arrefecimento: por circulação de água, com termostato
  • Redução catalítica seletiva de NOx (SCR): sim

 Unidade Injetora 

  • Modelo: DTC (Diesel Technology Company)
  • Tipo: 6 bicos individuais com controle eletrônico
  • Sistema de Injeção: direta, com gerenciamento eletrônico

 Compressor 

  • Acionamento: por engrenagens
  • Fluxo de trabalho: 1.080 l/min a 10 bar (em 2016)
  • Polia do motor para ar-condicionado (em 2016)

  • Modelo: MB GO 190-6
  • Acionamento: por meio de alavanca
  • Marchas sincronizadas: 6
  • Relação de transmissão: i=8,17 / 4,65 / 2,79 / 1,81 / 1,25 / 1,00 / marcha à ré: 7,683

  • Modelo: MFZ 430
  • Tipo: monodisco, seco
  • Acionamento: hidropneumático

  • Modelo: ZF 8098
  • Tipo: hidráulica
  • Relação de redução: i(máx)=26,2:1

 Tensão nominal 

  • Capaciade: 24 V

 Alternador 

  • Capaciade: 28 V / 140 A

 Bateria (livre de manutenção em 2016) 

  • Capacidade/tensão: 170 Ah / 2 x 12 V (135 Ah em 2012)

  • Tipo: longarina perfil U com travessas tubulares, composto de 5 módulos 

 Eixo Dianteiro 

  • Modelo: MB VO4/13 DL-7
  • Tipo: punho

 Eixo Traseiro 

  • Modelo: MB HO4/09 DL-11,5
  • Tipo: carcaça central com tubos de aço imprensados
  • Redução: i=3,333 (40:12)

 Suspensão Dianteira 

  • Tipo: pneumática, com 2 bolsões de ar e batentes auxiliares internos; 3 barras tensoras longitudinais, 1 transversal e 1 válvula reguladora de altura
  • Amortecedores: 4, telescópicos de dupla ação
  • Barra estabilizadorasim

 Suspensão Traseira 

  • Tipo: pneumática, com 4 bolsões de ar e batentes auxiliares internos; 2 barras tensoras longitudinais, 2 dispostas triangularmente e 2 válvulas reguladoras de altura
  • Amortecedores: 4, telescópicos de dupla ação
  • Barra estabilizadorasim

  • Aros das rodas: 8.25 x 22,5
  • Pneus: 295/80 R 22,5 (radiais, sem câmara)

 Freios de serviço 

  • Sistema: a ar comprimido, de dois circuitos
  • Tipo: tambor nas rodas dianteiras e traseiras
  • Área de frenagem total: 5.684 cm²
  • Regulador automático de freio: sim

 Freio de estacionamento 

  • Tipo: câmara de mola acumuladora, acionada pneumaticamente, com atuação nas rodas traseiras

 Freio motor 

  • Tipo: borboleta no coletor de escapamento (convencional)
  • Acionamento: eletropneumático
  • Tipo: Top Brake (válvula localizada no cabeçote)
  • Acionamento: eletropneumático, com válvula no assoalho conjugada com o freio motor convencional, podendo atuar em conjunto com o freio de serviço através de uma tecla no painel
  • ABS (Sistema Antitravamento): sim (em 2016)
  • ASR (Sistema Antipatinação): sim (em 2016)

 Pesos admissíveis / Valores indicados 
Peso Bruto Total (PBT)

  • Eixo dianteiro: 7000
  • Eixo traseiro: 11500
  • Total: 18500

 Pesos admissíveis / Valores autorizados (em 2012) 
Peso Bruto Total (PBT)

  • Eixo dianteiro: 6000
  • Eixo traseiro: 10000
  • Total: 16000

Obs.: Os pesos podem sofrer variações conforme os opcionais.

  • Tanque de combustível: 20
  • Óleo no cárter, máx./min.: 26/22
  • Caixa de mudanças: 11
  • Carcaça do diferencial (eixo traseiro): 10
  • Direção hidráulica: 3,5
  • Sistema de arrefecimento: 42
  • Tanque de Arla 32: 25 (35 em 2012)

  • (A) Distância entre-eixos: 3000 (apenas para transporte, módulos ajustáveis)
  • (B) Comprimento total antes do alongamento: 8920
  • (C) Balanço dianteiro: 2570 (2470 em 2012)
  • (D) Balanço traseiro: 3350 (3280 em 2012)
  • (E) Bitola – eixo dianteiro: 2036
  • (F) Bitola – eixo traseiro: 1798
  • (H) Largura: 2458
  • (I) Ângulo de entrada: 13º41'
  • (J) Ângulo de saída: 
  • (K) Vão livre dianteiro: 200
  • (L) Vão livre traseiro: 232
  • (M) Círculo de viragem de referência do veículo encarroçado: 24.880
  • Altura: 1775

  • Caixa de Mudanças: MB GO 190-6
  • Eixo traseiro: MB HO4/09 DL-11,5
  • Redução: i=3,333 (40:12)
  • Pneus: 295/80 R 22,5
  • Velocidade máxima (km/h): 120 (limitado eletronicamente)
  • Capacidade máxima de subida com 16.000kg (%) – (veículo em movimento): 58 (em 2012)
  • Capacidade máxima de subida com 18.500kg (%) – (veículo em movimento): 49 (em 2016)

  • Balanço dianteiro longo para carrocerias Double Decker, High Decker e Low Driver (em 2012)
  • Coluna de direção regulável (em 2012)
  • Redução do eixo traseiro i=3,666 (44:12) (em 2012)
  • Regulagem do nível de suspensão (KNR) (em 2012)
  • Bateria de 170 Ah / 2 x 12 V (em 2012)
  • Bateria de 220 Ah (em 2016)
  • Câmbio GO 210 (6 marchas)
  • Câmbio GO 240 (8 marchas automatizado)
  • Retarder Voith R115E
  • Rodas de alumínio polidas 8.25 x 22,5
  • Sistema de freio ABS (Anti-Bock Break System) (em 2012)
  • Tempomat (piloto automático) (em 2012)
  • Sistema de tração ASR (antipatinação) (em 2012)
  • Freios a disco (em 2016)
  • Freios eletrônicos (EBS, somente com freios a disco) (em 2016)
  • Controle eletrônico de estabilidade (ESP, somente com freios a disco) (em 2016)

  • Painel com indicação de consumo e faixa verde variável (econômetro)
  • Bluetec5 – Tecnologia de pós tratamento de gases SCR
  • Polia adicional para ar-condicionado
  • Top Brake + freio motor conjugado com freio de serviço
  • Câmbio G-190 com acionamento servo-assistido
  • Conexão para extração de dados de telemetria (FMS)
  • Secador de ar com sistema coalescente
  • Chave geral eletromagnética
  • Bateria de 170Ah (livre de manutenção)
  • Coluna de direção regulável
  • Barra estabilizadora traseira
  • Sensor incêndio no compartimento do motor
  • Freio ABS+ASR
  • Suspensão eletrônica ECAS com rebaixamento e zoom
  • Piloto automático
  • Estepe e ferramentas
  • Válvula Consep para extração de resíduos de óleo
  • Motor OM-457 LA – completamente eletrônico, com unidades injetoras para cada cilindro. Proporciona maior economia de combustível e possui alto torque em baixas rotações.
  • Top Brake – freio motor auxiliar, garante uma potência adicional de frenagem de 30% conjugado com o sistema borboleta, proporcionando maior segurança nas operações e aumentando a vida útil dos freios, além de permitir menos trocas de marchas, economia de combustível e aumento da velocidade média em declives, o que, consequentemente, reduz o tempo de viagem.
  • Câmbio MB GO 190-6 – câmbio com carcaça de alumínio, menor peso, possui 6 marchas com um novo escalonamento entre elas, proporcionando rotações mais baixas de operação de 1 a 6 marchas.
  • Trambulação – sistema de alavanca tipo joystick, com acionamento a cabo e servo-assistido no câmbio, que proporciona menor esforço nos engates e melhor ergonomia ao motorista.
  • Chassi quadro – constituído de perfis de aço estampados com asas de apoio e de fixações para carroçarias, o chassi com estas características apresenta robustez, resistência à torção e à flexão e facilidade de encarroçamento.
  • Painel de instrumento eletrônico – possui diagnóstico onboard, isto é, o painel contém um visor de cristal líquido, o qual, em forma de diagnóstico, informa a situação geral do veículo. O novo tacógrafo de gaveta propicia maior liberdade de instalação.
  • Sistema pneumático – além da já consagrada central APU de secagem do ar, este chassi está equipado com o separador óleo/ar (válvula Consep), que aumenta ainda mais a vida útil das válvulas pneumáticas.
  • Ventilador do motor – este chassi está equipado com um novo ventilador elétrico magnético que só atua quando necessário, acarretando, com isso, melhor aproveitamento da potência do motor.
  • Suspensão pneumática integral – com maior conforto e confiabilidade aos seus passageiros e motoristas, este sistema já está consagrado no mercado, sendo atestado como de altíssima qualidade em outros produtos Mercedes-Benz.
  • Sistema escamoteável do radiador – possibilita a desmontagem do radiador com rapidez, uma vez que não está fixado diretamente no chassi, e sim ligado através de três coxins de borracha.
  • Freio ABS – evita que as rodas travem durate o processo de frenagem, oferecendo maior estabilidade e dirigibilidade ao veículo em situações adversas.
  • Central Elétrica Fuse Box – proporciona ao encarroçador/cliente facilidade para acrescentar seus componentes, uma vez que o sistema é modular, possui tamanho reduzido e é de fácil aquisição no mercado.
  • Módulo dianteiro do chassi – possibilidade de rebaixamento do posto do motorista.
  • Blue Tec 5 – tecnologia Mercedes-Benz que consiste em reduzir os gases contaminados, através de uma reação química com o AdBlue, em um catalisador de redução seletiva (SCR ou “Selective Catalytic Reduction”). Além do catalisador, a combustão do motor foi otimizada, o que resulta em uma queima mais eficiente de combustível e uma emissão mais limpa.

Mercedes-Benz O-500RS

 Giro do motor 

  • RPM corte min2150
  • RPM corte: 2170
  • RPM corte máx: 2190
  • RPM M L min: 510
  • RPM M L: 510
  • RPM M L máx: 560

 Índice de fumaça em aceleração livre (m-1

  • Altitudes até 350m: 0,50
  • Altitudes acima de 350m: 0,68

 Nível de ruídos 

  • Ruído dB (A) / Rotação (1/min) – Valor medido conforme NBR 9714: Não se aplica (Veículo isento de atendimento a limite de emissão de ruído conforme resolução Conama nº 17/95, art. 3º)

Função desabilitada

Menu