ViaCircular Transporte Coletivo

 

ATENÇÃO: PÁGINA TEMPORÁRIA
EM PROCESSO DE FORMATAÇÃO

Mercedes-Benz O-500UDA

  • Uso: Ônibus urbano articulado com piso-baixo e com eixo adicional no segundo vagão
  • Fabricação: A partir de 2012
  • Baumúster: 382158
  • Nível de emissões de gases: Euro 5 / Proconve P-7
  • Fonte dos dados: Mercedes-Benz do Brasil (/2016)

O-500 UDA 3736

O chassi para ônibus articulado O-500 UDA (low entry ou entrada baixa) é a mais moderna e rentável solução para atender a demanda de passageiros nos grande centros urbanos, possui PBT técnico de 37 toneladas e permite a montagem de carrocerias com até 23 metros de comprimento, com capacidade para transportar mais de 190 passageiros (dependendo do layout interno). Um chassi 8×2, que conta com o eixo de apoio direcional instalado no 2º carro, auxiliando nas manobras e na condução do veículo. Incorporando todas as vantagens da tecnologia Mercedes-Benz, esse chassi vem equipado com motor eletrônico OM-457 LA (Proconve P-7), posicionado na traseira do veículo, o que traz maior facilidade na manutenção diária, melhor dirigibilidade com mais segurança e menor risco durante a época de chuvas. Entre as vantagens do O-500 MDA, destacam-se a articulação com pistões hidráulicos, que oferece excelente dirigibilidade, facilidade de manutenção e a praticidade do encarroçamento e reduzido custo de operação. Para a definição do entre-eixos que será fornecido no 2º carro, será necessário informar qual será o comprimento desejado.

  • Modelo: MB OM-457 LA (Proconve P-7)
  • Tipo: 6 cilindros verticais em linha, turbocooler
  • Potência máxima, conforme NBR ISO 1585: 260 kW (354cv) a 2000 rpm
  • Torque máximo, conforme NBR ISO 1585: 1600 Nm (163,2 mkgf) a 1100 rpm
  • Cilindrada total: 11.967 cm³
  • Consumo específico: 183,8 g/kWh a 1200 rpm
  • Filtro de óleo – tipo: filtragem total, com elemento de papel
  • Filtro de ar – tipo: seco, com elemento de papel
  • Sistema de arrefecimento: por circulação de água, com termostato
  • Redução catalítica seletiva de NOx (SCR): sim

 Unidade Injetora 

  • Modelo: DTC (Diesel Technology Company)
  • Tipo: 6 bicos individuais com controle eletrônico
  • Sistema de Injeção: direta, com gerenciamento eletrônico

 Compressor 

  • Acionamento: por engrenagens
  • Fluxo de trabalho: 1080 l/min a 10 bar
  • Polia do motor para ar-condicionado

 ZF ECOLIFE 6 AP 1700B – 3,364 – 0,615 com retarder incorporado 

  • Acionamento: por meio de teclas
  • Marchas: 6 (+conversor de torque i=2,29)
  • Relação de transmissão: i=3,364 (primeira marcha: 7,70 com conversor de torque) / 1,909 / 1,42 / 1,00 / 0,72 / 0,615 / marcha a ré: 4,235 (9,69 com conversor de torque)

 Modelo Voith DIWA D884.5 – 4,85 – 0,74 com retarder incorporado 

  • Acionamento: por meio de teclas
  • Marchas sincronizadas: 4
  • Relação de transmissão: i=4,85 / 1,36 / 1,0 / 0,74 / marcha à ré: 4,1

  • Modelo: ZF 8098
  • Tipo: hidráulica
  • Relação de redução: i(máx)=26,2:1

 Tensão nominal 

  • Capaciade: 24 V

 Alternador 

  • Capaciade: 28 V / 140 A

 Bateria (livre de manutenção em 2016) 

  • Capacidade/tensão: 220 Ah / 2 x 12 V

  • Tipo: composto de módulos rebaixados, com as partes dianteira e traseira unidas por articulação

 Eixo Dianteiro 

  • Modelo: MB VO4/39 CL-7,5
  • Tipo: punho

 Eixo Traseiro 

  • Modelo (eixo auxiliar / 1º eixo): ZF AVN – 132-11,5t
  • Tipo: eixo rígido de apoio
  • Modelo (eixo auxiliar / 2º eixo): MB HO 7/03 RO 300-13/C 22.5 (MB HO 7/03 DCL-12,3 em 2013)
  • Tipo: carcaça central com redução nos planetários
  • Modelo (eixo motriz / 3º eixo): ZF RL 75 EC (ERA)
  • Tipo: eixo de apoio com suspensão independente
  • Redução: i=7,733 (29:15×4)

 Suspensão Dianteira 

  • Tipo: pneumática, com 2 bolsões de ar e batentes auxiliares internos; 3 barras tensoras longitudinais, 1 barra transversal e 1 válvula reguladora de altura
  • Amortecedores: 4, telescópicos de dupla ação
  • Barra estabilizadorasim

 Suspensão Intermediária 

  • Tipo: pneumática, com 4 bolsões de ar e batentes auxiliares internos; 2 barras tensoras longitudinais, 2 oblíquas e 2 válvulas reguladoras de altura
  • Amortecedores: 4, telescópicos de dupla ação
  • Barra estabilizadoranão

 Suspensão Traseira (eixo motriz) 

  • Tipo: pneumática, com 4 bolsões de ar e batentes auxiliares internos; 2 barras tensoras longitudinais, 2 oblíquas e 2 válvulas reguladoras de altura
  • Amortecedores: 4, telescópicos de dupla ação
  • Barra estabilizadoranão

 Suspensão Traseira (eixo auxiliar) 

  • Tipo: pneumática, com 2 bolsões de ar, 2 barras tensoras longitudinais e 2 barras triangulares
  • Amortecedores: 2, telescópicos de dupla ação
  • Barra estabilizadoranão

  • Aros das rodas: 8.25 x 22,5
  • Pneus: 295/80 R 22,5 (radiais, sem câmara)

 Freios de serviço 

  • Sistema: a ar comprimido, de dois circuitos
  • Tipo: disco nas rodas dianteiras e traseiras
  • Área de frenagem total: 3.136 cm²

 Freio de estacionamento 

  • Tipo: câmara de mola acumuladora, acionada pneumaticamente, com atuação nas rodas dos eixos intermediário e traseiro

 Freio motor 

  • Tipo: borboleta no coletor de escapamento (convencional)
  • Acionamento: eletropneumático
  • Tipo: Top Brake (válvula localizada no cabeçote)
  • Acionamento: eletropneumático, conjugada com o freio motor convencional, podendo atuar em conjunto com freio de serviço e retarder através de uma tecla no painel
  • ABS (Sistema Antitravamento): sim (em 2016)
  • ASR (Sistema Antipatinação): sim (em 2016)

 Em ordem de marcha – chassi sem carroçaria, versão atualizada, com reservatório de combustível provisório de 20l cheio, caixa Voith, sem motorista sem extintor, sem roda de reserva e sem caixa de ferramentas (em 2013) 

  • 1º eixo: 1801
  • 2º eixo: 1968
  • 3º + 4º eixo: 6999
  • Total: 10768

 Pesos admissíveis tecnicamente – PBT 

  • 1º eixo: 7100
  • 2º eixo: 11500
  • 3º + 4º eixo: 18400
  • Total: 37000

 Pesos admissíveis legalmente (em 2013) 

  • 1º eixo: 6000
  • 2º eixo: 10000
  • 3º + 4º eixo: 13500
  • Total: 29500

  • Tanque de combustível: 20 (somente para transporte)
  • Óleo no cárter, máx./min.: 26/22
  • Caixa de mudanças Voith: 28 (25 em 2013)
  • Caixa de mudanças ZF: 25
  • Carcaça do diferencial (eixo traseiro): 12 + 6,5 nas duas planetárias
  • Direção hidráulica: 3,5
  • Sistema de arrefecimento: 42
  • Tanque de Arla 32: 35

  • (A) Distância entre-eixos: 3000+7600 (sob consulta) / 9000(série)+1600
  • (C) Balanço dianteiro: 2570
  • (D) Balanço traseiro: 3350
  • (E) Bitola – eixo dianteiro: 2036
  • (F) Bitola – eixo traseiro: 1821
  • (M) Círculo de viragem de referência do veículo encarroçado: 25.000 / 28.000
  • Altura: 2102

 (B) Comprimento total 

  • Para veículo com comprimento máximo de 21,5 metros o entre-eixos do 1º carro será alongado para 5950mm e o entre-eixos do 2º carro deverá ser solicitado a fábrica com 7600mm
  • Para veículo com comprimento máximo de 23,0 metros o entre-eixos do 1º carro será alongado para 5950mm e o entre-eixos do 2º carro deverá ser solicitado a fábrica com 9000mm

 Caixa de Câmbio ZF 6AP 1700 Ecolife (em 2016) 

  • Eixo traseiro: MB HO7/03 RO 300-13/C 22.5
  • Redução: i=7,733 (29:15×4)
  • Pneus: 295/80 R 22,5
  • Velocidade máxima (km/h): 84 (limitado eletronicamente a 60 km/h)
  • Capacidade máxima de subida com 37.000kg (%) – (veículo em movimento): 29

 Caixa de Câmbio Voith D884.5 (em 2016) 

  • Eixo traseiro: MB HO7/03 RO 300-13/C 22.5
  • Redução: i=7,733 (29:15×4)
  • Pneus: 295/80 R 22,5
  • Velocidade máxima (km/h): 67 (limitado eletronicamente a 60 km/h)
  • Capacidade máxima de subida com 37.000kg (%) – (veículo em movimento): 28

 Caixa de Câmbio ZF 6AP 1700 Ecolife (em 2013) 

  • Eixo traseiro: MB HO7/03 DCL-12,3
  • Redução: i=7,733 (29:15×4)
  • Pneus: 295/80 R 22,5
  • Velocidade máxima (km/h): 84
  • Capacidade máxima de subida com 32.000kg (%) – (veículo em movimento): 29

 Caixa de Câmbio Voith D884.5 (em 2013) 

  • Eixo traseiro: MB HO7/03 DCL-12,3
  • Redução: i=7,733 (29:15×4)
  • Pneus: 295/80 R 22,5
  • Velocidade máxima (km/h): 67
  • Capacidade máxima de subida com 32.000kg (%) – (veículo em movimento): 28

  • Estepe mais ferramentas
  • Preparação para ar-condicionado (em 2013)
  • Administrador de frota FM 200 Plus – sistema para gerenciamento de frota (em 2013)
  • Entre-eixos de 7000mm ou 7600mm para o 2º carro
  • Redução i=6,00 (27:18×4)

  • Painel com indicação de consumo e faixa verde variável (econômetro)
  • Bluetec5 – Tecnologia de pós tratamento de gases SCR
  • Polia adicional para ar-condicionado
  • Top Brake + freio motor conjugado com freio de serviço
  • Conexão para extração de dados de telemetria (FMS)
  • Secador de ar com sistema coalescente
  • Chave elétrica geral
  • Bateria de 220Ah (livre de manutenção)
  • Coluna de direção regulável
  • Sensor incêndio no compartimento do motor
  • Freio a disco nas 8 rodas com ABS+ASR
  • Suspensão eletrônica ECAS com ajoelhamento bi-lateral e zoom
  • Freio de parada para o sistema de portas
  • Válvula Consep para extração de resíduos de óleo
  • Novo sistema de admissão possibilitando a bancada 5 assentos na traseira

 

  • Motor OM-457 LA – completamente eletrônico, com unidades injetoras para cada cilindro, proporciona maior economia de combustível e possui alto torque em baixas rotações.
  • Top Brake – freio motor auxiliar, garante uma potência de frenagem adicional, conjugado com o sistema borboleta, freio de serviço e retarder, proporcionando maior segurança nas operações, economia de combustível e aumento da vida útil dos freios.
  • Chassi conceito Low Entry – toda a seção dianteira e central do veículo permite nivelação do degrau de entrada e do piso para 370 mm, não existindo nenhum outro degrau nessas seções do veículo. Com isso, o passageiro tem grande facilidade e rapidez para embarque e desembarque.
  • Chassi quadro – constituído de perfis de aço estampados com asas de apoio e de fixações para carroçarias, o chassi com estas características apresenta robustez, resistência à torção e à flexão e facilidade de encarroçamento.
  • Freio a disco nas rodas dianteiras e traseiras – propicia melhor eficiência na frenagem e maior facilidade na manutenção.
  • Painel de instrumento – todos od veículos são equipados com tacógrafo, odômetro, relógio, conta-giros, indicadores de temperatura do líquido de arrefecimento, da pressão do óleo do motor, da pressão pneumática do sistema de freios, consumo instantâneo de combustível e do nível do tanque de combustível.
  • Luzes de Aviso – controle de carga da bateria, luz alta dos faróis principais, luzes indicadoras de direção, de baixa pressão do óleo do motor, de baixo nível do líquido de arrefecimento, de freio de estacionamento acionado, de saturação do filtro de ar, de baixa pressão do sistema pneumático, de controle do sistema de aceleração eletrônico, de retardador acionado, de controle do ABS, de controle da correia de acionamento do ventilador e de acionamento do ajoelhamento ou elevação da suspensão.
  • Suspensão penumática integral – com maior conforto e confiabilidade ao seus passageiros e motoristas, este sistema já está consagrado no mercado, sendo atestado como de altíssima qualidade em outros produtos Mercedes-Benz.
  • Eixo traseiro de apoio direcional – proporciona melhor manobrabilidade e dirigibilidade além de menor arraste em curvas, aumentando a durabilidade dos pneus.
  • Coluna de direção regulável – propicia a regulagem de acordo com as características físicas do motorista, melhorando a ergonomia.
  • Articulação – proporciona movimentos suaves nas manobras e oferece um sistema de segurança que informa antecipadamente o momento do batente metálico.
  • Central Elétrica Fuse Box – proporciona ao encarroçado/cliente facilidade para acrescentar seus componentes, uma vez que o sistema é modular, possui um tamanho reduzido e é de fácil aquisição no mercado.
  • Sistema Antibloqueio das Rodas (ABS) – monitora a velocidade das rodas, ultrapassando os limites máximos de desaceleração e escorregamento. O sistema aciona as válvulas moderadoras de pressão, que controlam a frenagem em cada roda, dessa maneira evita-se o bloqueio (travamento) das rodas, dentro dos requisitos para uma frenagem eficiente: menor espaço de frenagem, manutenção da dirigibilidade (controle sobre o veículo) e preservação da estabilidade direcional.
  • Blue Tec 5 – tecnologia Mercedes-Benz que consiste em reduzir os gases contaminados, através de uma reação química com o AdBlue, em um catalisador de redução seletiva (SCR ou “Selective Catalytic Reduction”). Além do catalisador, a combustão do motor foi otimizada, o que resulta em uma queima mais eficiente de combustível e uma emissão mais limpa.

 Giro do motor 

  • RPM corte min2170
  • RPM corte: 2170
  • RPM corte máx: 2190
  • RPM M L min: 510
  • RPM M L: 510
  • RPM M L máx: 560

 Índice de fumaça em aceleração livre (m-1

  • Altitudes até 350m: 0,50
  • Altitudes acima de 350m: 0,68

 Nível de ruídos 

  • Ruído dB (A) / Rotação (1/min) – Valor medido conforme NBR 9714: Não se aplica (Veículo isento de atendimento a limite de emissão de ruído conforme resolução Conama nº 17/95, art. 3º)

Função desabilitada

Menu