Mini Enciclopédia do Transporte Coletivo – Letra E

ECO
Designação para chassis Volvo Ecológico, que tem menor emissão de poluentes.
EDC – Electronic Diesel Control
Controle eletrônico de diesel, computador de bordo que controla a quantidade de combustível enviado para a combustão no motor.
Efetivo
Permanente, carro que faz a mesma linha todos os dias: carro efetivo na linha.
Eficiência
Direito dos usuários à execução dos serviços de acordo com as normas técnicas aplicáveis e com os padrões qualitativos e quantitativos fixados pelo contrato e pelo regulamento dos serviços, bem como o cumprimento dos objetivos e das metas da concessão. (PMBH, 2008)
Eixo
É o eixo em volta do qual se realiza um movimento de um corpo, o qual tem em cada ponto seu a mesma velocidade angular. O eixo é geralmente representado por uma reta espacial (Figura E001).
Eixo

Figura E001 – Esquema com eixo em destaque de vermelho.
Fonte: Site ViaCircular (2007).
Eixo Estruturante
Eixo de transporte formado pelo sistema viário principal da cidade, para atendimento à demanda dos corredores e regiões com grande atratividade e operados por sistemas de maior capacidade e com maior eficiência, seja por veículo leve sobre trilhos – VLT ou ônibus (convencional ou BRT). (PMBH, 2008)
El Buss [Él Bus]
Modelo de carroceria de ônibus rodoviário da Busscar. Foi fabricado nas versões 320, 340 e 360.
Elevador
1) Cabine mecânica (hidráulica) movida por motores especiais pra elevar pessoas ou objetos a outros andares (Figura E002). O elevador hidráulico também pode ser instalado para melhor acessibilidade no transporte coletivo em micro ônibus, ônibus rodoviários e urbanos.
Elevador

Figura E002 – Elevador instalado na carroceria (Esquerda) e somente o elevador (Direita).
Fonte: foto feita por César Mattos.

2) Dispositivo instalado no veículo para transposição de fronteira, que permite a elevação de pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida, em cadeira de rodas ou em pé, para acesso em nível ao interior do veículo. (ABNT NBR 14022:2011)

Eliziário
Fábrica e encarroçadora de chassis e carrocerias de ônibus já extinta.
Embarque
1) Local para embarque, local onde o veículo pára para os passageiros entrarem do mesmo. 2) Porta para embarque, entrada de passageiros. 3) Ato de embarcar/entrar no veículo.
Embarque em Nível / Desembarque em Nível
Ver: Acesso em nível
Embreagem
É o mecanismo utilizado nos automóveis para transmitir a rotação do volante do motor para as engrenagens da caixa de velocidades que, por sua vez, irá desmultiplicar essa rotação e transferi-la para o diferencial através do eixo.
Em Trânsito
É a linha rodoviária que se embarca na metade do caminho. Por exemplo, se compro uma passagem em Cuiabá para Porto Velho em um carro cuja linha é Florianópolis / Porto Velho, esse carro vem  de Florianópolis "em trânsito".
Encarroçar
Ato de montar uma carroceria em um chassi.
Encomenda
Objeto de propriedade de pessoa física ou jurídica, não incluído como sendo de uso pessoal, transportado no bagageiro do ônibus, devidamente acompanhado de documentação fiscal. (ANTT, 2009)
Encosto
Lugar ou peça de apoio. Espaldar de cadeira como mostrado na Figura E003. (Não tem a ver com pomba-gira, nesse caso kkk)
Encosto

Figura E003 – Encosto de poltrona de ônibus mostrado no detalhe destacado.
Fonte: foto feita por César Mattos.
Engerauto
Fábrica e encarroçadora de chassis e carrocerias de ônibus já extinta.
Entre-eixos (EE)
Distância considerada entre o cubo de eixo da roda dianteira e o da roda traseira como destacado na Figura E004.
Entre-eixos (EE)

Figura E004 – Distância entre-eixos detacada na imagem.
Fonte: foto feita por César Mattos.
EOD – Eletrônico / Ônibus Dianteiro
Sigla para designar chassis eletrônicos e com motor dianteiro da Volkswagen.
EOT – Eletrônico / Ônibus Traseiro
Sigla para designar chassis eletrônicos e com motor traseiro da Volkswagen.
Escapamento
Cano de Descarga. Cano longo que despeja monóxido de carbono do motor. Pode ser localizado em três lugares: na traseira apontado para cima (por fora ou por dentro da carroceria), na traseira embaixo (no para-choque ou embaixo dele) ou abaixo da saia na frente da roda traseira.
Escapamento

Figura E005 – Escapamentos localizados na traseira apontado para cima (por fora (1) ou por dentro da carroceria (2)), na traseira embaixo (no para-choque (3) ou embaixo dele (5)) ou abaixo da saia na frente da roda traseira (4).
Fonte: foto feita por César Mattos.
Escolar
Ônibus especial ou linha especial que atende uma escola para transportar estudantes ou funcionários.
Especial
Ônibus utilizado para fazer uma linha específica ou particular.
Esquema operacional
Conjunto de fatores característicos da operação de transporte de determinada linha, inclusive de sua infra-estrutura de apoio e das rodovias utilizadas em seu percurso. (ANTT, 2009)
Estabilidade Econômica da Exploração
Manutenção do serviço em bases lucrativas, de modo a garantir a justa remuneração do capital investido. (Decreto Estadual nº 12.601/80-SC)
Estação
Pontos de paradas grandes ou lugares ao longo de uma avenida onde os coletivos fazem embarque e desembarque de passageiros, ou também de trem (Figura E006).
Estação

Figura E006 – Ponto de parada de ônibus (Esquerda) e estação de trem (Direita).
Fonte: foto feita por César Mattos.
Estação de Integração
Espaço criado no próprio sistema viário ou em terreno específico, destinado a oferecer conforto e segurança aos usuários do transporte coletivo durante a efetuação de transbordo nos sistemas tronco-alimentados, viabilizando a integração física e tarifária entre linhas do transporte coletivo por ônibus (estação intramodal) ou entre linhas de ônibus e o metrô-trem metropolitano (estação intermodal). (PMBH, 2008)
Estudo de mercado
É a análise dos fatores que influenciam na caracterização da demanda de determinado mercado, para efeito de dimensionamento e avaliação da viabilidade de ligação de transporte rodoviário de passageiros, consistindo no levantamento de dados e informações e aplicação de modelos de estimativa de demanda. (ANTT, 2009)
Eventual
Modalidades de linhas especiais que são criadas para um determinado evento regular ou não.
Ex
Prefixo de origem latina para designar estado anterior. Exige hífen.
Exaustor
Espécie de ventilador com as hélices opostas ao normal, que retiram o ar de dentro do ônibus para renová-lo. No ar de teto, o exaustor fica em cima, no ar adaptado o exaustor fica na lateral (Figura E007). Também pequenos ventiladores distribuídos ao longo do teto do ônibus (Figura E008).
Exaustor

Figura E007 – Exaustor no teto (Esquerda) e na lateral (Direita).
Fonte: foto feita por César Mattos.

Exaustor

Figura E008 – Exaustor comum interno, fixado no teto.
Fonte: foto feita por César Mattos.
Executivo
Modalidade de uma linha de ônibus no qual tem determinadas paradas e oferece um serviço mais qualificado seja na agilidade ou no conforto. O preço da passagem costuma ser mais elevado e os carros que atendem são em grande maioria rodoviários. É também um sistema de transporte de modo Direto e é proibido transportar passageiros em pé.
Expresso
Ônibus especial que não faz transporte regular, apenas vai da garagem para o terminal e/ou do terminal para outro terminal sem transportar passageiros.

Índice rápido

IMG REF E011